veoveoplay.app.beta

 
O que é Veoveo? ou como chegamos aqui!

 

Criado por Vicky Romano e Renato Nery no final de 2019, Veoveo play nasceu num primeiro instante como extensão do curso "Proibido não ver; a Infância e o dilema das telas". Neste curso, buscou-se apresentar a mães, pais e educadores o contexto, ferramentas e estratégias para lidar com a crescente demanda por conteúdos para a infância. Como suporte, criou-se uma plataforma de vídeo sob demanda (VOD)  e a partir daí as coleções de conteúdos começaram a ser criadas e oferecidas como um repertório alternativo ao que se encontra com facilidade nas grandes plataformas.

 

Já em 2020  Veoveo play foi crescendo e ganhando novos títulos que até hoje estão presentes em duas coleções; Veoveo completa, com todas as animações do catálogo e Veoveo ARTE, que destaca do catálogo filmes para a sensibilização artística.

 

Hoje Veoveo é uma startup que propõe outra abordagem com relação à infância e às telas. De vilã a parceira na formação, as telas possuem um papel importante na formação da subjetividade, e caso, o consumo seja consciente pode se tornar uma poderosa ferramenta na comunicação com os pequenos. Os filmes podem ser acessados livremente por meio de uma assinatura mensal que custa US$2,99 (dois e noventa e nove dólares) por meio de cartão de crédito.

 

 

 

kisscc0-treasure-map-road-map-world-map-trip-5b745a95b94184.1978381015343520217588.png
 
Filme Veoveo, ou o que gostamos num filme.

 

  •  
  • Autoralidade

 

    • Proposta estética

 

  • Construção de personagens
  • ​​​​​​​

 

  • Histórias e conflitos

Um filme para entrar em nosso catálogo precisa cumprir com alguns critérios. Começamos pelo olhar do autor. "Um filme de", como um bom livro ou um bom quadro carregam a visão de mundo de uma pessoa ou um grupo de pessoas e isso é importante para garantir diversidade de olhares, abordagens e narrativas. Proposta estética. Buscamos filmes que pensem sua forma de expressar, que pensem sua estética para além das técnicas comumente aceitas como o 3D e estilo cartoon. Que os personagens e as relações sejam construídos sem reafirmar estereótipos e posturas anacrônicas, velhas e possam revelar o protagonismo destas crianças. Histórias e conflitos apropriados são bem-vindos. Achamos chatos conteúdos que não apresentam conflitos. 

 

E por último a disposição em entrar para o nosso modelo de negócio. Aqui dividimos todo o dinheiro recebido pelo tempo de conteúdo e não pela quantidade de audiência. Respeitamos os filmes mais provocadores, os clássicos e os sucessos, afinal um bom repertório é feito de diversidade.

 

 

 

 

 
Para quem? e
porquê.

Os filmes são escolhidos para crianças dos 3 aos 14 anos. As telas possuem um papel importante na formação da subjetividade, e caso, o consumo seja consciente pode se tornar uma poderosa ferramenta na comunicação com os pequenos. Os filmes são recomendados pensando na adequação às idades e não de forma restritiva. Os tempos narrativos e a apropriação da criança destes tempos, a construção dos personagens, suas formas e como reagem aos conflitos, a literalidade e como os valores simbólicos vão ganhando força com o amadurecimento. Essas são algumas das questões que nos fazem escolher uma idade ou outra. Pensamos numa jornada que vai aos poucos se complexificando e apresentando de forma apropriada os temas e conflitos das histórias.

 

 

 

 

 

 

 

 

 
De onde      vem     o nome?
png-transparent-callout-speech-balloon-text-box-miscellaneous-angle-white.png

Veoveo é uma brincadeira popular na América latina, de língua espanhola, para crianças dos 3 aos 6 anos que estimula o olhar. As crianças começam falando/cantando a música ao lado; 

 

 

 

 

 

 

 

Escolhe-se alguma coisa que tenha uma cor específica e a brincadeira é adivinhar que coisa é a partir dessa cor. 

 

png-transparent-callout-speech-balloon-text-box-miscellaneous-angle-white.png
 
Manifesto
  • A infância é o período mais importante da vida de qualquer ser humano.

 

 

 

  • O futuro da humanidade depende dela.

 

 

 

  • Os conteúdos vistos nesta fase são determinantes para a formação da subjetividade.

 

 

 

  • Nós adultos precisamos recuperar o protagonismo e a responsabilidade na formação das crianças.

 

Quem somos
 

 

Vicky Romano

 

Em 2009 começou a trabalhar com conteúdos audiovisuais para crianças. Passou por Pakapaka onde escolheu filmes e séries  de todo o mundo para que sejam parte da programação do canal. No Brasil fez seu caminho pelo comKids e pelo Festival de Cinema Latino-americano de São Paulo. É formada em Realização Audiovisual desde há vários anos, também estudou fotografia e roteiro. Ama o cinema desde que assistiu “Labirinto” com a sua família. Fundou Veoveo e escolhe os filmes que  fazem parte da plataforma Veoveo play.  

 

 

Renato Nery

 

Em 2002 começou a trabalhar com conteúdos audiovisuais. Trabalhou com documentários, ficção e animação em áreas distintas. Gosta muito de montagem, mas a vida levou para trabalhar coordenando programas de produção de conteúdos. Na TV Cultura com documentários no DOCTV e animação no ANIMATV. Depois coordenou o núcleo de coprodução e produção independente, aquisições e Tv Ratimbum. Em 2013 integrou o time gestor da cultura na cidade de São Paulo e ajudou a criar a Spcine onde foi diretor executivo por 5 anos. Em Veoveo play é fundador e diretor executivo.